HomeNotíciasCopa das ConfederaçõesSinha e um gol que entrou para a história
Copa das Confederações

Sinha e um gol que entrou para a história

Mexicano fez um dos gols mais bonitos da Copa das Confederações

14/06/2013 - 16:03 - Copa das Confederações
Depois de um mês de assistir aos 13 gols pré-selecionados e muitos votos mundo afora, saiu a decisão feita pelos torcedores: o brasileiro naturalizado mexicano Sinha foi escolhido pelos fãs de futebol, por meio do FIFA.com e do canal da FIFA no YouTube, como o autor do mais belo gol da história da Copa das Confederações da FIFA.

O feito ocorreu no dia 16 de junho de 2005, quando o México abriu a sua participação na Copa das Confederações da FIFA Alemanha 2005 enfrentando o Japão. A seleção do técnico Ricardo La Volpe chegava como líder absoluta das eliminatórias da CONCACAF, mas as suas possibilidades em nível mundial ainda eram desconhecidas. A partida contra o campeão asiático seria o primeiro teste à altura.

O panorama começou bastante desfavorável para os mexicanos: logo aos 12 minutos, Atsushi Yanagisawa abriu o placar para os japoneses. Até que, de repente, apareceu a magia do camisa 7. Nada voltaria a ser como antes. Sinha recebeu a bola na intermediária, levantou a cabeça, mirou o gol e não teve dúvidas: mandou um disparo fulminante que, depois de fazer uma curva venenosíssima, desceu no momento certo para vencer a inútil esticada do goleiro Yoshikatsu Kawaguchi.

Os mexicanos acabaram vencendo por 2 a 1 e fizeram uma grande campanha, terminando na quarta colocação, e o meia foi um dos principais destaques. Entre as tantas grandes recordações deixadas por aquela seleção do México, o gol de Sinha foi uma das mais bonitas, a ponto de, oito anos mais tarde, ter sido escolhido como o mais bonito da história da Copa das Confederações da FIFA.

Sob o lema “13 gols para 2013”, os usuários do FIFA.com votaram, entre 13 de maio e 13 de junho, no gol mais bonito do torneio. O famoso arremate em curva do meia nascido no Rio Grande do Norte superou, com 43% dos votos, ninguém menos do que Kaká e Ronaldinho, que ficaram em segundo e terceiro lugares, e outros nomes ilustres do futebol mundial, como Giuseppe Rossi, Pavel Nedved, Shunsuke Nakamura e Samuel Eto'o. Você, aliás, pode rever todos os candidatos, clicando no link à direita.

O talentoso meia não só segue jogando como é um dos destaques do Toluca. Tanto que, aos 37 anos, ainda é vez por outra convocado pelo técnico José Manuel de la Torre para a seleção mexicana. Ao saber da escolha, Sinha recordou o gol em depoimento exclusivo ao FIFA.com. "É uma jogada que começa na direita com Salvador Carmona, que faz uma triangulação com Pavel Pardo e toca para mim fora da área, de onde apenas ajeito para chutar a gol. São gols que ficam para sempre na memória de um jogador e toda a sua família."

Para Sinha, ser reconhecido pelos fãs no FIFA.com e no canal da FIFA no YouTube representa um grande orgulho e alegria. "Sem dúvidas fico muito contente", revela. “Sei que houve muitos gols marcados por jogadores de nível altíssimo e na verdade fico muito contente por ser lembrado com o gol mais bonito da história deste torneio. Estou muito feliz e quero mandar uma saudação e um agradecimento a todos que votaram no meu gol."

Fonte: Fifa.com

tags: México Sinha
Mais Acessadas
Canais
Siga nas Redes: