HomeNotíciasFutebolFora de casa, Paragominas estreia com empate na Série D
Futebol

Fora de casa, Paragominas estreia com empate na Série D

Weller foi quem marcou o gol do Jacaré, aos 30 segundos do segundo tempo

01/06/2013 - 17:50 - Futebol

Atualizada às 19h54

O Paragominas entrou em campo contra o Plácido de Castro, no gramado do Florestão, em Rio Branco (AC), em sua primeira partida em uma competição nacional. A partida é válida pela Série D do campeonato brasileiro.

Na próxima rodada, o Paragominas voltará para 'casa' para receber o representante do estado de Rondônia na Arena Verde, às 16h do próximo sábado (8), enquanto que, neste mesmo dia, o Plácido de Castro embarca rumo a Manaus para enfrentar o Nacional, no estádio do Sesi, às 17h.

O jogo - Apesar de estar jogando fora de casa, o Jacaré que foi vice-campeão paraense de 2013 partiu para cima do desconhecido Plácido de Castro, mas sem nenhum lance de muito perigo até os 30 minutos, quando os comandados de Cacaio passaram a apostar na velocidade do lateral direito Magno para atacar. Em duas oportunidades, o camisa 2 do Jacaré chegou a entrar na área e bater cruzado para as grandes defesas de Róbson, que é considerado um ídolo pela torcida acreana por ter defendido pênaltis na decisão do acreano, que deu a vaga na competição ao time.

Mas a volta para o segundo tempo veio com um Paragominas arrasador. Aos 30 minutos, Magno colocou na área e Adriano Miranda mandou a redonda para Weller, que finalizou de primeira e mandou a redonda no ângulo de Róbson para abrir o placar e entrar para a história do PFC como o autor do primeiro gol em um Brasileirão do clube.


Com oito minutos de jogo, o Paragominas chegou muito perto de ampliar o placar e mais uma vez com Weller. Na ocasião, Aleílson foi o autor de uma grande jogada, entrou na área e mandou no pé do grandalhão alviverde, que tentou o chute e acabou errando.

O Plácido de Castro que veio com jogadores de nomes conhecidos, como Zagallo e Zico, chegou perto do empate aos 15 minutos, quando Joel acertou um torpedo com endereço certo e Sandro Goiano - que não é o que passou por Paysandu, Grêmio e Sport - acabou cortando. Gato pegou a sobra e chutou a redonda pela linha de fundo.

Mas, aos 29 minutos, no momento em que Plácido de Castro crescia na partida, deixando o goleiro André Luís se candidatando a nome do jogo, o mesmo Sandro Goiano aproveitou uma falha da zaga do PFC, girou bonito e bateu forte para empatar a partida.

Embalado com a possibilidade de virar, o time acreano cresceu no jogo e partiu para o ataque. André Luís foi se segurando na meta do Jacaré e, na única vez em que o camisa 1 falhou, o lateral Souza, ex-Cametá, apareceu para cortar sobre a linha do gol e salvar o empate e o primeiro ponto das duas equipes na competição.

Outro jogo - Na outra partida da rodada de abertura do grupo A1 da Série D, o Nacional (AM) venceu o Náutico (RR) por 2 a 1, com os gols  do ex-Remo, Rafael Morisco, aos 35 minutos do primeiro tempo, de falta. Eduardo, de pênalti, empatou, enquanto que Danilo Rios sacramentou a vitória manauara aos 23 minutos do segundo tempo.

Carlos Fellip (Portal ORM)
Foto: Cultura
tags:
Mais Acessadas
Canais
Siga nas Redes: