HomeNotíciasBelémBombeiros fazem vistoria em loja que pegou fogo
Belém

Bombeiros fazem vistoria em loja que pegou fogo

Moradores reclamam dos prejuízos em suas residências

17/05/2013 - 10:50 - Belém
Atualizada às 11h54

O Corpo de Bombeiros realiza, na tarde desta sexta-feira (17), uma perícia na loja 'Carglass' e em residências vizinhas atingidas por um incêndio, na noite da quinta-feira (16), na Travessa Padre Eutíquio, entre a Travessa Quintino Bocaiúva e a Passagem Santo Antônio, no bairro da Cremação, em Belém. As chamas começaram na loja e se alastraram para uma academia e casas que ficam nos arredores do local. Moradores reclamam dos prejuízos. Os bombeiros tiveram dificuldade de combater as chamas, que persistiram durante a madrugada de hoje. A loja foi interditada, pois há risco de desabamento.

Na manhã de hoje, moradores das residências e lojas vizinhas conferiam os prejuízos do incêndio. O proprietário da academia de ginástica, que fica ao lado da loja onde o incêndio começou, contabiliza os danos. 'As paredes ficaram comprometidas, alguns aparelhos de ar condicionado e a instalação elétrica também foram queimados', disse Nenete Cruz.

Ele contou ainda que foi chamado para abrir a academia, que já estava fechada na hora do incêndio, para facilitar a entrada dos bombeiros. 'Vamos esperar o laudo dos bombeiros para acionar o seguro', comentou.

Morador da passagem São Sebastião, que fica atrás da loja que pegou fogo, Pedro Paulo também reclamou dos danos na casa dele. 'O telhado e a parede da minha casa ficaram comprometidos, o fogo chegou até lá. Fiz um boletim de ocorrência na polícia e vou pedir uma perícia porque a estrutura ficou abalada', acredita o morador.

Outro morador da mesma passagem, Anderson Silva, reclamou da demora para debelar as chamas. 'Os bombeiros demoraram bastante pra chegar. O fogo começou na parte de atrás da loja, numa espécie de refeitório, por essa demora, o fogo tomou conta muito rápido do local e atingiu as outras casas. A minha teve a  estrutura comprometida. Estamos esperando os bombeiros para ver vai ficar', contou.

Ainda pela manhã, homens do corpo de bombeiros estiveram no local para fazer o resfriamento. O objetivo é evitar o surgimento de novos focos. 'Fizemos um trabalho de rescaldo no material que não foi atingido pelas chamas', explicou o major bombeiro Marco Ciensa.



Ele explica que o local foi interditado porque há risco de desabamento. 'Como o forro é de pvc e a estrutura é de ferro, o fogo se alastrou rapidamente, derretendo tudo. Houve três residências que foram atingidas', revela. O local deve ser periciado à tarde.

Redação Portal ORM
Fotos: Bruno Magno (Portal ORM) e Antonio Cícero (Estadão Conteúdo)

tags: incêndio
Mais Acessadas
Canais
Siga nas Redes: