HomeNotíciasAtualidadesPontearte qualifica crianças da Cidade Velha
Atualidades

Pontearte qualifica crianças da Cidade Velha

23/11/2011 - 12:00 - Atualidades

APRENDIZADO

Oficina ensina a produzir objetos úteis a partir de matéria descartada

Ensinar conceitos de reciclagem e de arte contemporânea. Com esta finalidade, o projeto Pontearte, do Museu de Arte de Belém (Mabe), desenvolve a consciência ambiental e a capacidade artística de 18 crianças da Cidade Velha, em Belém. Transformar garrafas pet, jornais e materiais biodegradáveis em utensílios domésticos está entre as atividades propostas.

De acordo com a coordenadora de ações educativas do Mabe, Maíra Neves, a oficina iniciada ontem, até a próxima terça-feira, é o resultado de uma visita feita pelos meninos e meninas à exposição "Sementes da Mudança: A Carta da Terra e o Potencial Humano", encerrada em 20 de novembro. A mostra pertence a uma entidade ligada à ONU e percorreu quatro continentes, sendo Belém uma das cidades escolhidas para o evento. "A intenção era mostrar na prática que é possível repensar a reutilização de variados objetos. Na aula do dia, por exemplo, eles vão aprender a fazer um cofrinho em formato de porco com garrafas plásticas e forro de jornal", ela disse.

Na semana que vem, eles conhecerão a obra do artista plástico brasileiro Hélio Oiticica (1937-1980). "O projeto tem diversas abordagens. O meio ambiente e a arte são as duas principais. O objetivo maior é direcionar as crianças para o pensamento crítico e a cidadania", explicou Maíra.

A idéia da direção do Mabe é estender a partir do ano que vem o Pontearte para todos os alunos de 5 a 12 anos de Belém. Atualmente, ele está restrito apenas as crianças da Passagem do Carmo. "Nós estamos focados neles porque a intenção também é promover a inclusão da comunidade, que é vulnerável socialmente", observou a educadora.

 

tags:
Mais Acessadas
Canais
Siga nas Redes: